Audiometria admissional

Que tipo de audiometria devo fazer no exame admissional?

A Portaria 19 é omissa sobre este fato, deixando espaço para que seja realizada audiometria ocupacional (audiometria somente em via aérea) no exame admissional. No entanto este exame se mostrou ineficiente para demonstrar perdas unilaterais e também não permite que seja analisada se a perda é neurossensorial, condutiva ou mista. Assim vários processos trabalhistas ocorreram porque no exame audiométrico admissional ocupacional estava normal e após foi realizada uma audiometria tonal (aéreo-óssea) e constatado perda que já existia e não foi captada pelo exame gerando indenizações indevidas. Este fato se deve a falta da via óssea, que alerta fonoaudiólogas de perdas unilaterais ou pequenas perdas, obrigando-as a fazer mascaramento. Assim sempre devemos fazer no exame audiométrico admissional audiometria tonal (completa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *